Blog

Os Desafios da Educação no Brasil. Parte I


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), publicou estudo recente mostrando que faltam professores habilitados para a docência na educação básica em todas as regiões do país. Norte e Nordeste são as regiões com maior necessidade. As piores condições estão na Bahia e no Maranhão. 
 
O número de formandos é  bastante inferior à  necessidade, porém há  um dilema sobre a continuidade da formação  de professores pelo EAD. 
Essa modalidade é  a escolhida por 93,7% dos ingressantes, na área,  no ensino privado, e por 22,2% dos calouros, no ensino público, mas é  considerada uma das causas da baixa qualidade da formação dos professores. 
 
A situação  é  tão  crítica que apenas 47,4% e 46,5% dos professores, do Norte e Nordeste, respectivamente,  que atuam nas séries finais do ensino fundamental, têm formação adequada na área. Em seguida, o Centro-Oeste, com 65,8%, e as regiões Sul e Sudeste em melhor condição, com 69,9% e 70,8%, respectivamente. 
Os registros para os professores com atuação no ensino médio também mostram o ranking por regiões: Nordeste com 63,4%, Norte com 66,2% e Centro-Oeste com 66,3% de atuação com professores habilitados. São as três regiões com maiores necessidades a suprir.
Em seguida, em melhores condições, porém ainda deficitárias, estão as regiões Sudeste, com 69,0%, e Sul, com 72,4%. 
 
Diante desse quadro, as perguntas que precisamos  fazer são:
 
1) Buscamos quantidade ou qualidade ? 
2) É possível ter as duas? 
3) Como fazer com que a qualidade do EAD seja adequada às  necessidades de uma Escola do século XXI? 
 
4) Quanto à  quantidade de formandos,  como recuperar a atratividade de uma profissão essencial à  formação  de todos?
 
Um grande debate na sociedade precisar ser feito para que possamos respondê-las. 
 
A Educação  de excelência é  primordial para o Brasil ganhar produtividade, melhorar a renda e aumentar o seu crescimento  econômico.  
Esse deveria  ser o tema prioritário de qualquer governo, pois dele dependem  a Economia, a Ciência  e a Tecnologia.  
 
Investir em capital humano é  determinante para o desenvolvimento  de qualquer país e para isso precisamos de professores capacitados e motivados.

 

Os Desafios da Educação  no Brasil. Parte I
Os Desafios da Educação  no Brasil. Parte I
Os Desafios da Educação  no Brasil. Parte I
Os Desafios da Educação  no Brasil. Parte I
Os Desafios da Educação  no Brasil. Parte I
Os Desafios da Educação  no Brasil. Parte I
Os Desafios da Educação  no Brasil. Parte I



Voltar